Os quatro Estágios Da Tão Sonhada Autonomia Financeira



Gerador De Tráfego Automático Para Teu Website Ou Website


Não se engane pela cara séria pela foto. Ian SBF é um dos criadores do canal de humor Porta dos Fundos. Desigual dos colegas Fábio Porchat e Gregorio Duvivier, também "cabeças do grupo", ele prefere permanecer atrás das câmeras durante o tempo que dirige, roteiriza e produz capítulos. Ao lado de Fernando Meirelles, Ian será jurado do concurso de curtas-metragens do projeto The Walkers: Primeiro Festival de Histórias Inspiradoras do YouTube.



Pra incitar os futuros membros, ele bate papo com o público a respeito da elaboração de videos pra web na quarta (12), no Museu da Imagem e do Som (zona oeste de São Paulo). MIS - auditório. Av. Europa, 158, Jardim Europa, zona oeste, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/2117-4777. Qua. (12): 19h60. Não recomendado para pequenos de dezoito anos. Tirar ingr. uma hora antes.



Como você começou a trabalhar com videos pra web? Ian SBF - Eu a toda a hora quis trabalhar com cinema e Tv, no entanto nunca consegui levar meus projetos adiante ou de fato realizar alguma coisa nessas áreas. Foi aí que aos vinte e nove anos eu decidi que não poderia surgir aos 30 anos daquela forma (ou melhor, ganhando mesada da minha mãe) e resolvi fazer algo.



  • Preparar-se o mercado

  • um - O que faz você receber dinheiro no YouTube

  • 28/01/2013 às 21:59

  • Programa de parceria

  • 101 Re:Recentes regras

  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na metade do Preço e Sem Auto Escolas



Sem muito discernimento de internet na data, eu comecei um web site de videos de humor chamado Anões em Chamas, que era tinha o conceito bem aproximado com o do Porta dos Fundos. Após seis meses, eu neste instante estava conseguindo trabalhar em canais como Multishow e Globo. Todavia após um tempo como profissional de Televisão, achei que a internet me proporcionava muito mais liberdade e promessas.



Por acaso, meus amigos assim como achavam a mesma coisa. Acabamos nos juntando com o objetivo de formar um território onde pudéssemos realizar as ideias e projetos que a Tv não nos permitia pela época. Foi sendo assim que surgiu o Porta. Dos fundadores do Porta, você é o que mais fica nos bastidores. Imediatamente pensou em se aventurar na frente da câmera? Não gosto de aparecer.



Na verdade, minha ideia a toda a hora foi propriamente o oposto. Porém, graças a dos making ofs, eu acabo aparecendo de uma maneira ou outra. Mas o meu interesse mesmo é a direção, assim sendo estou muito feliz onde estou. Você será jurado do The Walkers, ao lado do Fernando Meirelles. O que você pesquisa nos candidatos? O que faz com que um filme para internet seja agradável? Não existe uma fórmula de sucesso afim de um video e nem sequer com intenção de nenhum assunto audiovisual. É um conceito muito impalpável, contudo a todo o momento procuro muitas características específicas.



No concurso, espero ver vídeos que me tragam qualquer coisa novo, que me emocionem e que façam o público se questionar, de algum jeito. O que faz com que o espectador assista ao vídeo na web até o final é a qualidade. Não importa qual o cenário, nem ao menos a duração. Quais dicas você daria para pessoas que querem fazer videos, contudo não têm dinheiro pra geração? Mesmo que a pessoa tenha recursos, é preciso se preocupar com o tema.